08/11/2009

Caçada de serras


O Carlos, o Master Tibério e eu decidimos ir caçar para a Serreta, num dia espectacular. O mar estava azeite e estava sol…não batia nada na costa, coisa rara naquela zona. O objectivo era o de procurar um cardume de serras que o Master Tibério tinha ouvido que havia por lá…

Descemos o passo do farol, à esquerda de onde os pescadores de calhau costumam estar e entrámos na água sem dificuldade. Depois de algum tempo naquela zona, com uma bicuda e enxaréus pequenos, eu e o master avisámos o Carlos de que iríamos para a baía. Percorremos toda aquela distância, sem encontrarmos nada de especial (a não ser a sombra da encosta que metia respeito…), até chegarmos ao meio dessa baía. Quando estava a explorar uns buracos e vinha do agachon, passa por mim um cardume com centenas e centenas de serras. Fiquei a olhar para aquilo porque nem queria acreditar que pudessem haver tantas juntas!!! Dei um tiro numa (arma de 90) e ela soltou-se…eu a pensar que tinha perdido a minha oportunidade de ouro, quando vieram outra vez por todos os lados!!! Trufas, outro tiro falhado porque a arma não tinha potência e não trancava o peixe…passado mais um bocado, outra vez!!! “Lindo”, pensei…tranquei uma, mas ela rasgou-se…pensei que nunca mais voltavam e fiquei a “chorar” com o Tibério dentro de água. Mais um bocado, vejo uns lírios e falhei o tiro…estava a carregar a arma e a pensar “como era possível falhar um lírio desta maneiro tola”, quando passa outra vez o cardume por todos os lados…e eu desta vez pensei “desta na falho”!!! Com o coração aos saltos, e ainda não recuperado do mergulho ao lírio, fui para baixo a pensar que a adrenalina haveria de me dar o “fôlego extra”, e uma que se aproximou mais levou com o balázio em cheio. O Master Tibério dobrou o tiro e uma foi para a bóia!!! Íamos para dentro a explorar uma zona quando o cardume passa de novo…loucura…Fogo de artifício com magia!!! Segunda chumbada do Tibério para dobrar e a segunda Serra para a bóia. Se não fosse o trabalho aos pares, não haveria o desfecho que este mergulho teve!!!

Quando chegámos dentro, já o Carlos estava em terra e tinha apanhado duas Serras muito bonitas, aliás, maiores que as nossas, de excelente porte. Uma delas tinha o rabo comido por um tubarão…meeedoooo…

Foi a primeira vez que apanhei Serras, logo duas e num cardume tão espectacular, num dia perfeito, numa zona lindíssima…foi um dia perfeito, o qual não me esquecerei tão cedo. Excelente incentivo para continuar a praticar este desporto tão bonito e a progredir nas minhas capacidades!!! Tenho que agradecer ao Master Tibério e Comandante Zeferino pelas dicas que me têm dado para progredir…

Um abraço e boas caçadas!!!

Texto de: Tiago Silva

3 comentários:

Fish Whisperer disse...

Great report and some nice fish. Bravo.

adriana disse...

Excelente Blog, felicitaciones, reciban un saludo desde Chile y como decimos acá:
AGUAS CLARAS Y BUENA PESCA!!!

Sargus disse...

Boas.

Bom relato, infelizmente é assim, por vezes dei comigo a falhar tiros infantilmente ou porque esperava muito tempo pelo disparo óptimo, ou pelo contrário, porque disparava instantaneamente. Por vezes é necessário sorte no disparo, mas actualmente procuro disparar pela certa e seguro (zona da cabeça) depende do tipo de caça que se faz, como caço mais ao buraco não existe grande problema, quando falamos da caça em águas abertas ou espuma é bem diferente...

Tem umas condições brutais, e com as saídas à agua é que se evoluí.

Parabéns à equipa bom jogo.

;)

Direção

Tibério Barbeito e Zeferino Espínola Contacto: azoresub@hotmail.com